Orientações de Dicurso

Orientações para Elaboração do Discurso de Outorga de Grau

Orador discente

A estrutura do dicurso, de uma a duas laudas, deve apresentar as seguintes partes: INTRODUÇÃO, DESENVOLVIMENTO E CONCLUSÃO. Segundo Meyer (2008, p. 89),

"a introdução dá o tom, portanto impressiona favoravelvemente ou não; a conclusão compreende as notas que continuam ressoando a mente do leitor ou do ouvinte, depois de terminada a obtra. Nesse sentido introduzir e concluir uma reflexão pressupõe que se tenha consciência precisa rigorosa de seu conteúdo."

INTRODUÇÃO

Fazem-se os cumprimentos ao Reitor, representando as demais autoridades, e aos demais presentes. Deve haver menção à importância da figura do patrono e/ou paraninfo e da UVA/IVA na sua graduação.

DESENVOLVIMENTO

Relata-se a trajetória da turma (convívio em sala de aula; os obstáculos vencidos). Destacar pontos relevantes da vida acadêmica, assim como colocar as expectativas para o futuro/exercício da profissão.

CONCLUSÃO

Agradecimentos aos pais, familiares, professores, Deus etc.


Orientações Gerais

É necessário ter cuidado na elaboração dos parágrafos. De acordo com o prof. Othon Moacyr Garcia (2010), os parágrafos, em geral, apresentam duas partes importantes: o tópico frasal e o desenvolvimento. O TÓPICO FRASAL constitui-se como a introdução do parágrafo. O tópico frasal expressa de forma conscisa a idéia núcleo que esta desenvolvida no parágrafo.

O orador/autor deve dar preferência a palavra simples e de fácil entendimento. É preciso ser objetivo, claro e consciso no texto. O teor do discurso deve ser solene/formal/acadêmico. O discurso não é pessoal. Por isso, devem ser evitadas situações de caráter individual. Mensagens citações, etc., podem ser utilizados na oratória. Porém, a menção do(s) autor(es) é obrigatória. Para facilitar a leitura, imprima o discurso em papel tamanho A4 (ofício ou carta), com fonte número 12 ou 14 e espaçamento 1,5 duplo.

O Setor de Outorga de Grau do Instituto de Estudos e Pesquisas do Vale do Acaraú-IVA está disponível para auxiliar o orador, que pode, também, solicitar o apoio ao articulador local ou dos professores do curso.

REFERÊNCIAS:

GARCIA, Othon M. Comunicação em prosa moderna. 27. ed. Rio de Janeiro: Ed. da FGV, 2010.

MEYER, Bernard. A arte de argumentar. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2008.


Formando escolhido pela turma.

O iva indica você ao mercado de Trabalho!

Lorem ipsum dolor, sit amet consectetur adipisicing elit. Necessitatibus saepe neque reprehenderit laborum fugit blanditiis! Expedita laboriosam illum doloribus recusandae, optio harum quae soluta temporibus? Id deserunt voluptates consequatur nihil.

Cadastre-se aqui!